UFOTVONLINE - Notícias de outro mundo

Ufologia Relatos

Filmes fazem disparar relatos de UFOs, indicam documentos britânicos

http://www.thearchetypalconnection.com/images/IndependenceDayMovieLow.JPG17/08/2009 - 11h24 ( - BBC)

Documentos divulgados nesta segunda-feira (17) pelo governo britânico indicam que os relatos de pessoas que afirmam ter visto OVNIs no país cresceu mais de cinco vezes de 1995 a 1996, ano em que foi lançado no país o filme americano Independence Day, que conta a história da invasão da Terra por alienígenas.

Em 1996 também foi o auge do sucesso no país da série de TV Arquivo-X, que tem como personagens dois detetives que se dedicam a investigar casos de fenômenos sobrenaturais.

Segundo os documentos do Ministério da Defesa britânico, em 1996 o governo recebeu 609 relatos de pessoas que disseram ter avistado OVNIs, contra 117 no ano anterior.

Os arquivos do Ministério da Defesa, que cobrem o período entre 1981 e 1996, estão sendo liberados como parte de um projeto de três anos, e podem ser baixados do site do Arquivo Nacional britânico.

O número de relatos de OVNIs em 1996 foi o maior da história desde os 750 relatos recebidos em 1978. Naquele ano foi lançado o filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de Steven Spielberg.

"Obviamente que filmes e programas de TV provocam uma maior atenção para os OVNIs. É fascinante ver como isso parece levar mais pessoas a http://4.bp.blogspot.com/_bxE-DSh1DM8/SWPqQdPNnoI/AAAAAAAABPA/2HPFk8ia4_k/s400/contatos-imediatos-de-3-grau06.jpgrelatarem o que veem", afirma especialista em OVNIs David Clarke, professor de jornalismo da Sheffield Hallam University.

"Nos anos 1950 você tinha OVNIs com discos iluminados, como nos filmes B da época, e os alienígenas tendiam a vir de Vênus ou de Marte. Isso parou no fim dos anos 1960, quando descobrimos o quão inóspitos esses lugares são", comenta o especialista.

"A partir dos anos 1980 você começa a ver objetos triangulares. Essa é a era das aeronaves 'invisíveis' dos Estados Unidos. Acho que é óbvio que as pessoas veem o que elas esperam ver", diz.


Fonte: BBC