UFOTVONLINE - Notícias de outro mundo

Mundo não acaba, mas Terra passa por turbulências - Urandir do Projeto Portal

Urandir

A reportagem do Ufotvonline entrevistou novamente o polêmico pesquisador e ufólogo Urandir Fernandes de Oliveira, presidente da Associação Projeto Portal, que em outubro último havia dito que o mundo não acabaria em 2012, mas que nosso planeta irá passar por profundas transformações. Na primeira entrevista, Urandir prometera atualizar as informações divulgadas sobre os propalados acontecimentos de 2012, motivo desta segunda reportagem tão controversa quanto a anterior. As informações foram atualizadas, segundo Urandir, na madrugada do dia três de novembro em Minas do Camaquã/RS durante conversação com as inteligências das 49 raças parceiras do Projeto Portal. Ele confirma que a Terra não irá acabar em 2012 e nem tão cedo, mas ocorrerão alguns problemas principalmente nos próximos seis anos e é importante se precaver.

Urandir esclarece que ainda haverá uma nova atualização dessas informações, tendo em vista que estão ocorrendo anomalias na malha magnética da Terra devido à emissão de constantes pulsos de partículas provenientes do centro da galáxia em função da proximidade do alinhamento previsto para o próximo dia 21 de dezembro.

Ufotvonline – Urandir, o que exatamente ocorrerá nesta data?

Urandir -  Nos dias 21 e 22 de dezembro não acontecerá nada de bombástico, sendo que quatro dias antes poderão aparecer sinais no céu, e à medida que os dias passarem a situação se agravará cada vez mais, será gradativo nos próximos seis anos. Não haverá perigo de viajarmos de avião nesta data. Depois do alinhamento os sinais das mudanças começarão a serem observados já em janeiro de 2013.

  Rankstar - Proteção para a terra

Ufotvonline – Você poderia explicar melhor?

Urandir – É um pouco complicado, mas vamos tentar. No que diz respeito ao Sistema Solar, o fluxo de energia fotônica do pulso é tão poderoso que atrai ou repele os corpos dependendo da posição. Quanto mais ferro, mais metais tiver o planeta (qualquer planeta) maior será sua sacudida. O Sol está muito agitado, com isso Rankstar trabalhará mais uma vez o Sol no dia 17 de dezembro. Se apontarmos nosso telescópio para o Sol poderemos registrar a nave (uma mancha circular escura próximo ao Sol maior do que a Lua em proporção) do Rankstar trabalhando!

Ufotvonoline – Como assim, una nave extraterrestre trabalhando o Sol?

Urandir – A segunda vez que isso ocorreu foi registrado pela Nasa em março desse ano, sendo que a primeira nem chegou a ser notada pela tecnologia terrestre.  O vídeo foi divulgado meses depois e praticamente ninguém entendeu o que significava aquele anel escuro que parecia estar sugando energia solar. Tratava-se da nave de Rankstar, mais conhecido pelas linhas de pensamento como Asthar Sheran. Naquela data ele jogou esferas de compostos químicos no Sol para tornar mais amenos os efeitos das explosões solares e agora isso ocorrerá novamente e os parceiros das 49 raças fizeram questão de marcar a data para que fique registrada a atuação deles protegendo a humanidade das radiações solares.

  Fuligem

Ufotvonline – Diante disso, o que ocorrerá com a Terra e com a população?

Urandir - Uma espécie de fuligem de origem desconhecida já está surgindo no céu que prejudicará nosso sistema respiratório e também o processo de fotossíntese das plantas e agregada a ela algumas anomalias climáticas que irão durar até 2016. Com isso teremos uma diminuição das colheitas em 70% o que encarecerá bastante o preço dos produtos agrícolas. Teremos essa deficiência por dois ou três anos, por isso é importante o armazenamento de alimentos. Como essa fuligem já está acontecendo, já ocorre certa deficiência em algumas regiões em relação à agricultura (plantação e cultivo).

Ufotvonline – Que fuligem é essa?

Urandir - A ciência achará uma denominação para esta fuligem que não é de origem vulcânica ou de qualquer outra anomalia, e aparentemente quase que imperceptível. Se observarmos a atmosfera veremos que já há uma modificação da coloração da noite/dia. Já podemos perceber durante o dia uma coloração mais prata, ao invés do céu azul e o dourado do Sol. Há oito meses existe uma “nuvem” escura muito suave, que ficará cada vez mais acinzentada, podendo refletir em auroras boreais. Este fenômeno poderá projetar holografias, inclusive até de uma cidade, um mar, etc. Veremos miragens em diversos pontos do planeta em função desta fuligem que produzirá efeito semelhante aquele chamado “Fata Morgana” – mesmo fenômeno que ocorre no deserto devido à umidade que reflete uma imagem que está a 100, 200 km de distância, e até mesmo imagens que estão em outra parte do planeta (que podem ser registradas através de foto – fato que ocorreu no litoral de Santa Catarina recentemente quando apareceu uma ilha misteriosa).

 Alinhamento galáctico

Ufotvonline – O que mais poderá acontecer?

Urandir - O alinhamento galáctico provocará atrações e repulsões no magma da Terra, e isso pode causar diversos micro e macros terremotos quase que simultaneamente, fazendo com que a crosta terrestre sofra movimentos repentinos, provocando um caos no interior do planeta e causando uma vibração que poderá ser sentida globalmente. Além disso, a inversão dos polos deve acontecer, sendo que a intensidade do campo magnético da Terra já está em 0.8 gauss e quando chegar a 0.5 gauss  ocorre a inversão.  Algumas das possíveis consequências são:

 Enchentes Teresópolis - RJ

- Ficaremos sem a proteção da magnetosfera (a maior camada localizada na zona mais externa da atmosfera, a uma altitude entre 500 km a 60 mil quilômetros. Este campo magnético é gerado no interior da Terra, que atua como um dínamo, formando um escudo protetor por meio de partículas carregadas, tornando-se uma espécie de ímã gigante com o seu campo e seus polos magnéticos). Sem ela as tormentas solares e outras partículas cósmicas poderão varrer o planeta provocando diversos danos.

- Sem a proteção da magnetosfera as tormentas solares poderão sobrecarregar as redes de alta tensão, fazendo explodir os transformadores e assim o abastecimento de energia elétrica poderá ficar prejudicado por meses dependendo da quantidade de explosões solares. Com isso a vida humana poderá ser antingida em todos os sentidos:

1 - O abastecimento de água (sem energia elétrica as cidades afetadas ficarão sem água em dois dias)

2 - Também não haverá comunicações, telefone, internet, televisão, rádio, sistema bancário, etc.

3 - Não haverá abastecimento nos postos de combustíveis.

4 – Sem transporte, os mercados e farmácias não serão abastecidos.

5 – Hospitais não poderão funcionar a pleno.

6 – A consequência será o caos nas regiões afetadas.

- No ser humano, poderá ocorrer suave sensação de náuseas em algumas pessoas, tonteira, desorientação, alteração no humor; fisicamente pode ocorrer hemorragia, problemas cardíacos, etc.

-  Animais e aves, que se orientam pelo Norte magnético ficarão sem rumo.

- A pecuária e a agricultura terão suas produções reduzidas a 95%

 Caixões Fema

Ufotvonline – Isso é preocupante... Como os governos reagirão diante desses fenômenos?

Urandir – Em primeiro lugar, os governos sabem que alguma coisa vai acontecer, mas não estão preocupados com a população e sim com um pequeno número de pessoas que fazem parte de sua elite. Para esse grupo já existe alimentos armazenados, remédios, combustíveis, inclusive construções subterrâneas com capacidade para abrigar “confortavelmente” quantas pessoas do grupo existir. Enquanto que para a população, os Estados Unidos e outros países, através da FEMA – “Federal Emergency Management Agency”, o órgão governamental americano que cuida de situações emergenciais, já providenciou milhares e milhares de caixões que estão espalhados em diversos países em algumas ruas, avenidas e portos, inclusive o governo brasileiro já adquiriu muitos desses caixões. Em suma, essa é a ajuda que a população terá, caso as hecatombes venham acontecer. Além disso, alguns países como Estados Unidos, Rússia, Alemanha e Japão estão produzindo tecnologias ligadas à manipulação do átomo e realizando testes no subsolo. Com as mudanças do campo eletromagnético da Terra, assim que a tormenta solar chegar ao índice KP 11, estas supostas armas atômicas poderão ser acionadas provocando a explosão das mesmas e acarretando a morte de mais de 500 mil pessoas.

 

Ufotvonline –  Há possibilidade de terremotos no Brasil?

Urandir – A possibilidade é em torno de 10 por cento porque o país está localizado sobre uma placa tectônica inteira. Mas com a movimentação dela haverá o desprendimento de novos gases mortais no país e em diversos pontos do planeta. No Brasil será em Minas Gerais, Goiânia, e alguns pontos do litoral. Muitas pessoas poderão ser prejudicadas, mas isso não é novidade, porque não só no Brasil como em todo o planeta, existe a liberação de gases tóxicos principalmente nas margens de lagos e lagoas. O que vai ocorrer será apenas um aumento considerável desses gases também em fendas de antigas placas tectônicas.

  Era glacial

Ufotvonline –  Se isso ocorrer, como ficará o clima?

Urandir - Teremos uma “pitadinha” da Era Glacial em breve, inclusive no Brasil, Argentina e Chile. Depois virá outra grande em boa extensão do Brasil e outros países vizinhos também, como uma mini era glacial na América do Sul e acima será sol e seca. Em termo de hecatombes naturais no Brasil e na América do Sul não serão tão drásticos em relação à natureza, mas no que se refere aos governos e a movimentação de pessoas de países vizinhos e também articulações da política externa poderá “complicar”, já que muitos deverão migrar para o Brasil em busca de abrigo, trabalho e alimentos.